CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Luiz Álvaro: "Resgatamos o amor próprio do Santos"

Fonte: Blog do Paulo Vinicius Coelho

Entre 2004 e 2005, o Santos era o time mais visto na televisão aberta do Brasil. Jogos às quartas, aos domingos, Robinho, Elano, Ricardinho, todos na tela a cada rodada do Brasileirão, Paulistão, Libertadores. Isso mudou. No último ano, os jogos do Santos foram transmitidos quase exclusivamente na tevê fechada. Isso significa dificuldade para conseguir patrocinadores. "Tudo isso foi medido na operação para contratar o Robinho", diz o presidente do Santos, Luiz Álvaro. Nós temos que redimensionar o clube e isso só vai acontecer por meio do marketing", diz o dirigente.
O próprio Luiz Álvaro tratava a operação como um sonho impossível, há uma semana. Sete dias depois, com Robinho jogador santista, ele explica a operação o dá seu julgamento sobre o que isso representa para o clube:

Pergunta: Como você avalia toda essa operação, nesta semana?

LUIZ ALVARO – Acho que foi uma engenharia financeira muito complicada, mas que terminou com uma grande vitória.

Pergunta: Há quem diga que o bom desempenho de Neymar e Paulo Henrique Ganso tornam desnecessária a operação por Robinho...

LUIZ ALVARO – Acho que isso é papo de zagueiro adversário. Fico imaginando como eu me sentiria se tivesse que marcar Neymar de um lado, Paulo Henrique Ganso do outro, o Robinho se deslocando...

Pergunta: E em abril as finais do Paulistão acontecem simultaneamente à Copa do Brasil
LUIZ ALVARO – Exato.Veja que em dois dias, nós já resgatamos o amor próprio do torcedor santista. Sofremos muito nos últimos dois anos. Tivemos risco de rebaixamento, graças a Deus não caímos. Esta semana já causou uma mudança no comportamento do torcedor santista.

Pergunta: O Santos vai pagar 150 mil reais a Robinho sem o auxílio de patrocinadores, ou seja, paga seu teto salarial. O plano era esse ou os patrocinadores deveriam pagar tudo?

LUIZ ALVARO – Era preciso que pagássemos até mesmo para manter o vínculo com o jogador. Não vamos superar o nosso teto. Ainda não estamos divulgando os nomes das empresas, porque Robinho ainda não assinou o contrato com elas. Assim que isso se resolver, os nomes dos patrocinadores também serão divulgados.

Pergunta: Algum dos patrocinadores terá o nome estampado na camisa?

LUIZ ALVARO – Não. Essa é uma outra questão, que vamos resolver na semana que vem. Estamos já em negociação para ter o contrato de patrocínio do time de futebol e isso vai ficar mais claro nos próximos dias. Os patrocinadores do Robinho vão explorar apenas o direito de imagem dele.

Pergunta: Procede a informação de que o Manchester City terá prioridade por Paulo Henrique Ganso e Neymar?

LUIZ ALVARO – Isso será apenas durante o período do empréstimo de Robinho. Se, em julho, tivermos uma proposta para negociá-los e se decidirmos vendê-lo, nesse caso o Manchester City precisa ser consultado. Quer dizer: se algum clube europeu fizer uma proposta por um dos dois, precisamos consultar o Manchester City para saber se eles desejam equiparar a oferta. Se equipararem, ficam com os jogadores. Mas isso apenas se tivermos tomado a decisão da venda. Apenas nesse caso.

E os patrocinadores de Robinho, terão participação na venda de Neymar e Paulo Henrique Ganso, como se especulou?

LUIZ ALVARO – Não. Isso não. Como eu disse, eles têm apenas o direito de explorar a imagem do Robinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário