CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Noite de gala: 8 a 1, com cinco de Neymar

O Santos está classificado para as quartas-de-final da Copa do Brasil. Sim, é verdade que ainda resta o jogo de volta, em Campinas, na próxima quarta-feira. Mas, a julgar pelo futebol apresentado na Vila Belmiro, e a disparidade técnica entre os dois clubes, difícil imaginar outro panorama: os 8 a 1 foram um presente, e tanto, para comemorar os 98 anos do Alvinegro.
Tudo fazia crer que a noite seria santista. Desde antes do jogo, quando veteranos desfilaram sua habilidade, arrancando suspiros das arquibancadas, ao bolo, no intervalo de jogo, devidamente cortado pelo presidente, Luís Álvaro Ribeiro. mas foi dentro de campo que o Peixe deu seu presente aos seus torcedores.
Logo a 1 minuto, após arrancada, Arouca foi derrubado na área. Pênalti devidamente cobrado com paradinha por Neymar, abrindo o placar, aos 2 minutos.
O camisa 11 foi, sem dúvida, o principal expoente santista. Os elogios europeus, comprando-o a Lionel Messi, podem tê-lo empolgado. Não importa: ele é do Santos e, aos 29, fez o segundo. Após "tabelinha" com o defensor bugrino, ele saiu livre na cara do goleiro Juliano.
Mas o Peixe também tinha Robinho, que vestia a camisa 200, alusiva ao número de jogos pelo alvinegro. Foi dele o terceiro gol, aos 32 minutos. Após lançamento de Ganso, Neymar deixou a bola passar para o Rei das Pedaladas, que marcou.
Aos 38, mais um gol do Alvinegro. A festa estava ficando ainda melhor - para os donos da casa. Em boa jogada de Arouca, o volante invadiu a área e rolou para Neymar fazer o quarto do Santos.
A jovem joia santista ainda foi responsável pelo desatino de Cléber Goiano, que o acertou com força, ganhando o cartão vermelho.
O Cirque de Soleil, apelido carinhoso dado aos Meninos da Vila, seguiu seu show na segunda etapa. A fome de gols parecia impossível de ser saciada.
Aos 9, se na bola não há como competir com o Peixe, resta apelar: Fabinho derrubou Neymar na área, e o árbitro assinalou pênalti: Marcel fez o quinto.
Pouco depois, Robinho ampliou. Após lançamento primoroso de Marquinhos, o Rei das Pedaladas mostrou que tem cabeça boa, e mandou para as redes. Santos impiedosos 6 a 0
O convidado quase inofensivo que veio de campinas fez o seu de honra aos 28 minutos. E foi um golaço: Moreno, cobrando falta de longa distãncia, acertou o ângulo.
Com o jogo liquidado, era hora de relaxar, certo? No caso do Santos, não. O sétimo gol saiu aos 35, outra vez com Neymar, aproveitando jogada de linha de fundo de Robinho.
Insaciável, o camisa 11 coroou a sua atuação nota 10 com o seu quinto gol, o oitavo do Santos. Após passe de Robinho, mandou para as redes de Juliano. Um recado à diretoria do Alvinegro: envie, urgentemente, um DVD desta partida para a CBF, aos cuidados de Dunga. O futebol brasileiro seria eternamente grato.

SANTOS 8 x 1 GUARANI

Santos:Felipe, Wesley, Edu Dracena (Pará), Durval e Léo (Madson); Arouca, Marquinhos e Paulo Henrique Ganso; Robinho, André (Marcel) e Neymar. Técnico: Dorival Júnior

Guarani: Juliano, Valdir, Dão e Cássio; Alex Cruz (Léo MIneiro), Cléber Goiano, Maycon, Walter Minhoca (Moreno), Fabinho e Fabinho Almeida; Anderson Costa (Da Silva). Técnico: Waguinho

Gols: Neymar, 2 e 29, Robinho, aos 32, Neymar, aos 38 do primeiro tempo; Marcel, 9, Robinho, 13, Moreno, aos 28, Neymar, 35 e 38 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Anderson Costa, Valdir, Maycon (Guarani), Léo, Marcel, Neymar (Santos). Cartão vermelho: Cléber Goiano (Guarani).

Estádio: Vila Belmiro

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)

Público e renda: 8.131 pagantes/R$ 205.435,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário