CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Santos FC perde para o Atlético-MG por 3 a 2 no Mineirão

O Santos Futebol Clube perdeu para o Atlético-MG por 3 a 2 no jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (28), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Robinho e Edu Dracena foram os autores dos gols santistas.
Com o resultado, o Peixe precisa de uma vitória simples na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira (05), para seguir para as semifinais da Copa do Brasil.
Jogo
Mesmo jogando fora de casa, com a pressão da torcida adversária, o Santos FC buscou seu espaço e jogou o mesmo futebol bonito de sempre.
O Atlético-MG tinha a vantagem de jogar dentro de casa e pressionou o Peixe, abrindo o placar logo nos primeiros minutos de partida. Carlos Alberto chutou, Diego Tardelli desviou e abriu o placar.
O Santos FC não se abateu com o tento e seguiu buscando o gol. Aos 8 minutos, na cobrança de escanteio com Pará, Wesley cortou sem sucesso. Na sequência, Pará recebeu de Robinho fora da área, mandou a bola na trave e quase empatou o jogo.
O Peixe chegou novamente aos 15 minutos quando Robinho tocou para André que estava em ótima posição, mas chutou para fora.
O Atlético-MG se fechou e dificultou a chegada do Santos a sua meta. Aos 30 minutos, na cobrança de falta, George Lucas colocou na área e Durval quase marcou com a ponta da chuteira.
Aos 40 minutos, o Atlético-MG chegou novamente e ampliou com Diego Tardelli, após cruzamento de Júnior.
Na sequência, aos 44 minutos, foi a vez do Peixe chegar com o Rei das Pedaladas. Após receber livre, Robinho tirou do goleiro atleticano e tocou para o fundo das redes.
Na etapa complementar, a partida seguiu com o mesmo ritmo do primeiro tempo. As duas equipes atacando e buscando gols. Mas foi o Atlético-MG que conseguiu marcar primeiro, com Diego Tardelli, aos 7 minutos.
O Santos seguiu no ataque, criando chances de ampliar, mas sendo muito marcado pelos adversários. Com a desvantagem, o técnico Dorival Júnior optou por duas mudanças aos 16 minutos. George Lucas e Marquinhos saíram para a entrada de Maranhão e Rodrigo Mancha, respectivamente.
O Santos ganhou velocidade e chegou com mais facilidade à área atleticana. Aos 20 minutos, Robinho cabeceou mas Aranha salvou o Galo.
O Atlético-MG se fechou mais no segundo tempo, dificultando a chegada do Peixe ao gol.
Aos 34 minutos, Wesley sofreu falta dura bem próximo a linha da grande área. Paulo Henrique Ganso cobrou, mas mandou na barreira.
E, aos 37 minutos, o Peixe alcançou a meta. Zé Eduardo, que substituiu André, fez um belo toque de calcanhar para Paulo Henrique Ganso. O meia santista cruzou para o zagueiro Edu Dracena cabecear e balançar as redes no Mineirão.

Na Vila Belmiro, vai ser diferente SANTOS SEMPRE SANTOS

2 comentários:

  1. Parabéns esse é om 4.000 acesso ao seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Realmente este blog é um dos melhores blogs que falam do peixe.

    ResponderExcluir