CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

quarta-feira, 10 de março de 2010

É bonito ver a equipe do Santos jogar

LANCEPRESS!
Satisfeito com o belo futebol que o Santos vem apresentando desde o início da temporada, o técnico do Peixe, Dorival Júnior, deixou o lado comedido de lado e teceu elogios à equipe, que é líder do Estadual (32 pontos) e apontada como favorita ao titulo do Campeonato Paulista.
- É bonito ver o Santos jogar em velocidade, com jogadores que buscam as jogadas e vão para cima. Fico contente da equipe atuar com desenvoltura e com a seriedade de quem precisa buscar a bola quando a perde. Os jogadores têm se entregado, mesmo aqueles que não tem característica de marcador - afirmou.
Adepto de uma formação mais ofensiva, Dorival Júnior tem apostado no ataque para vencer os jogos. Não à toa, o Alvinegro Praiano é a equipe que mais balançou as redes no Paulistão - ao lado do Santo André - com 33 gols.
Em contrapartida, porém, o Santos levou três gols e saiu perdendo nas duas últimas partidas. Apesar das críticas que o setor defensivo tem sofrido recentemente, o comandante santista acredita que essa é uma característica do estilo de jogo da equipe.
- Quando vemos um time jogando ofensivamente, é natural que ele tenha problemas defensivamente. Para uma equipe que joga com três meias e três atacantes, sendo que os três meias são muito mais ofensivos, é natural que o time fique mais exposto - justificou Dorival, ciente de que é preciso buscar maior equilíbrio entre os setores.
- Isso vai continuar acontecendo. Mas o Santos aprendeu a jogar dessa maneira e tem se dado bem assim. Temos que valorizar essa condição, mas buscando um equilíbrio dentro de um campeonato em que tem de se ajustar a equipe muito mais na conversa do que nos treinos, pois não há tempo para isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário