CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

segunda-feira, 15 de março de 2010

Jogadores santistas reclamam de expulsão de Neymar

Globoesporte.com
O capitão Edu Dracena personifica a indignação do Peixe
Após a quebra de uma série de dez jogos invicto, o Santos arrasador finalmente foi batido, na própria Vila Belmiro. Neste domingo, o Peixe recebeu o Palmeiras e perdeu por 4 a 3, resultado que não ameaça a liderança do Alvinegro Praiano, mais que tirou alguns jogadores do sério.
"Se a gente tivesse mais oportunidade no primeiro tempo para fazer os gols, teria sido diferente, sairíamos com a vitória. Na minha opinião, a expulsão do Neymar foi injusta", declarou Robinho, que também reclamou da falta de tranquilidade na saída de campo.
A arbitragem não foi criticada apenas pelo Rei das Pedaladas. O zagueiro Edu Dracena também afirmou que o árbitro Antonio Rogério Batista do Prado deixou de marcar algumas faltas para o Peixe.
"Eles marcaram a nossa equipe, fizeram faltas, e em algumas o árbitro foi conivente. Estamos de parabéns de qualquer maneira, e agora é continuar trabalhando", disse o zagueiro, que ainda completou: "Não é o fim do mundo perder em casa. O Palmeiras estava mal na competição e conseguiu vencer o líder. Eles cometeram erros, mas a gente também fez um monte. Quando o time é muito ofensivo, você fica propício a sofrer gols, e foi o que aconteceu".

Os erros do time também foram apontados pelo meia Paulo Henrique Ganso, que admitiu estar abalado com a primeira derrota depois de uma série de nove vitórias e apenas um empate, e que buscava eliminar de vez o Verdão da classificação.

"Recebemos com muita tristeza esse resultado, queríamos ter matado a equipe do Palmeiras e tirá-los da primeira fase, da briga pelo G-4. Eles souberam aproveitar melhor nossas falhas do que nós as deles", lamentou Ganso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário