CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

quarta-feira, 17 de março de 2010

Pai de Neymar indignado com denúncias: Tribunal ameaça dar 18 jogos de suspensão ao Neymar

A Tribuna
Indignação. Este é o sentimento latente nas declarações do pai do atacante Neymar, Neymar dos Santos, ao saber da denúncia feita pela procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação paulista de Futebol. Pela expulsão no clássico contra o palmeiras, no último domingo, ele foi enquadrado nos artigos 254-A (agressão física) e 258 (ofensa ao árbitro). Ao todo, poderá render até 18 jogos de gancho, somando-se as penas máximas dos dois artigos.
"É decepcionante este tipo de coisa. Ele já recebeu o cartão vermelho, o que mais eles querem? Quando ele apanha, ninguém levanta a voz para defendê-lo. Acho que, ao invés de Neymar não estar pronto para o futebol, é o futebol que não está pronto para o Neymar", afirmou o pai do jogador, em entrevista ao portal de A Tribuna.
Neymar dos Santos vai além em sua revolta. As criticas ao jeito irreverente do jogador, tanto na forma de jogar como nas comemorações, são, no seu entender," totalmente absurdas". "Acho que o destino dele é levar pancada mesmo. Não quero que mude nada no seu modo de agir. O gol é a coisa mais importante do futebol, que não pode ser algo burocrático. Se for para ficar deste jeito, melhor que ele volte a jogar bola na praia ou retorne às categorias de base", ironizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário