CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Neymar: "Se o doutor me tirar do jogo, vou arrancar a cabeça dele"

Neymar subiu a serra para comparecer ao anúncio do seu novo – e segundo – patrocinador pessoal, em São Paulo. Mas o assunto, claro, foi outro: vai ou não vai jogar a final do Campeonato Paulista?
Por conta de uma delicada lesão no olho direito, na metade do primeiro tempo do jogo de ida contra o Santo André, o atacante santista ainda não está confirmado para a finalíssima. Dependerá do resultado do exame que será feito amanhã, para obter o aval médico e ser confirmado entre os 11 titulares. Ele, porém, está louco para jogar.
– Se o doutor não me deixar jogar, vou até o hospital e arranco a cabeça dele (risos) – disse, disse, irreverente, logo no primeiro questionamento.
Neymar treinou na quarta-feira com os óculos de proteção e não aprovou. Por conta da chuva, o adereço embaçou e incomodou ainda mais o atacante.
Depois do treino, ele, o pai, Neymar da Silva, e o empresário, Wagner Ribeiro, subiram a serra e viajaram para São Paulo, para o anúncio do patrocínio com a empresa japonesa de eletroeletrônicos Panasonic.
E, aí, ele deu outro show. Ao contrário da falta de molejo dos diretores orientais da empresa, Neymar mostrou a desenvoltura de um, agora, garoto propaganda. O valor do patrocínio, é de em torno de R$ 400 mil, por um contrato de um ano de duração.
Depois de um discurso rápido – menos de 30 segundos –, foram abertas perguntas para os jornalistas. Acostumado a ser o centro das atenções, Neymar tirou de letra. Agradeceu pelo patrocínio em japonês, disse “arigatô” e fez a conhecida reverência, com as mãos coladas, na altura do peito, descendo o tronco em sinal de respeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário