CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Presidente do Santos desdenha Real e se preocupa com 'balé de Londres'

Questionado sobre o assédio crescente dos clubes europeus aos novos Meninos da Vila, Luis Alvaro não se mostrou preocupado. E disparou: “poucas pessoas me ligam porque já sabem minha resposta, mas hoje minha preocupação não é o Real Madrid, o Milan, a Internazionale ou o Arsenal. Minha preocupação é com o Royal Ballet de Londres e o Balé de Paris”, disse o dirigente na tarde desta quinta-feira, antes de participar de seminário do Universo Futebol.
O comentário acontece um dia depois de ele mesmo admitir uma sondagem do Real Madrid sobre Neymar. Autor de cinco gols na última quinta, o jovem atacante é um dos pilares da nova geração santista e a cada dia vê crescer o apelo público por sua presença na próxima Copa do Mundo. Na mesma proporção cresce o interesse dos times europeus.
“Se alguém chegar e pagar os 35 milhões de euros que são a multa rescisória e convencer o Neymar a ir embora, ele sai, mas o Neymar e seu pai sabem que ele valerá mais que isso e em breve. Eu jantei com o pai dele [Neymar Silva] na última segunda-feira e falamos dessa ideia de que não podemos colher o fruto verde”, comentou Luis Alvaro. “O Neymar vai explodir e ganhar muito mais.”
O presidente santista usa como argumentos na relação com Neymar e seu staff o planejamento de carreira feito para ele. E com isso tenta conter o assédio do Velho Continente. Segundo Luis Alvaro, um clube europeu já insinuou pagar 30 milhões de euros. “Sei dizer bastante não. São só três letras.”
O presidente santista assegura não estar aflito com o cenário. E não esconde a empolgação depois dos 8 a 1 diante do Guarani. Foi a décima goleada da equipe nesta temporada, mas a que mais o empolgou. O presidente santista colocou a atuação da última noite em nível superior aos jogos da era Pelé.
“Foi o jogo de futebol mais bonito que já vi e acompanho futebol desde a década de 50. Foi uma conjunção de talento, vontade e uma coreografia espetacular, com jogadores mudando de posição com uma velocidade incrível”, destacou o dirigente.
Animado com o grupo que conseguiu formar, Luis Alvaro também creditou a alegria mostrada em campo pelo Santos ao ambiente que o elenco vive fora das quatro linhas. “O clima de vestiário é fantástico, não existe grupinhos. O clima parece de formatura de colegial às vésperas do ingresso na faculdade”, completou Luis Alvaro

Nenhum comentário:

Postar um comentário