CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

domingo, 18 de abril de 2010

“Quem nasce lá na Vila, nem sequer vacila”. É justamente na música do sambista carioca Noel Rosa, no Feitiço da Vila, que o Santos buscará forças para vencer mais um clássico San-São.
Mas a Vila do Peixe é outra, é a Belmiro, não a Isabel, no Rio. Foram 88 gols marcados na temporada, sendo 46 no estádio. Portanto, 52,2% das bolas nas redes aconteceram no gramado santista.
Hoje, o time comandado por Paulo Henrique, Neymar, Robinho, André & Cia. fez valer novamente a força do alçapão. Após passar por dificuldade em 2008 e 2009, o Santos voltou a ter bom aproveitamento em casa. Ao todo, em dez jogos, foram oito vitórias, um empate e somente uma derrota.
Esses números rendem ao Peixe uma média de um gol a cada 19 minutos, 4,7 por jogo. Nenhum dos outros 19 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro conseguem superar a marca, tampouco o São Paulo.
– É claro que isso pode ter um peso. Contudo, tudo se resume a uma partida. Esse rendimento todo é muito bonito pela colocação alcançada. Agora, qualquer erro pode ser fatal – disse Dorival Júnior.
No setor defensivo, a fase também é boa: 12 gols sofridos em dez partidas, equivalente a um a cada 75 minutos de jogo. Motivo para se tranquilizar? Dorival teme!
E o medo do treinador é justamente pela única derrota santista como mandante, no clássico diante do Palmeiras, pela 14 rodada do Campeonato Paulista.
– Conversamos também nesse sentido, não pode acontecer novamente. Foi uma das nossas principais lições ao longo desta competição – explicou.
Mas é no ataque que o time se garante, por isso o 4-3-3 tem grande chance de ser mantido.
Somente no Paulistão, três goleadas: Grêmio Prudente (5 a 0), Bragantino (6 a 3) e Monte Azul (5 a 0). Além dos dois placares elásticos pela Copa do Brasil, 8 a 1 e 10 a 0, contra Guarani e Naviraiense (MS), respectivamente.
Para passar à final, o Santos conta com a vantagem, mas principalmente com a Vila, seu trunfo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário