CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

terça-feira, 11 de maio de 2010

Peixe preparado para pressão do Olímpico? Ganso garante que sim

O meia Paulo Henrique Ganso, do Santos, franze o rosto. O assunto incomoda. É a terceira vez no ano que ele é obrigado a responder à mesma pergunta: o próximo jogo, decisivo, contra um time de grande expressão, será o teste de fogo para os meninos da Vila? Foi assim contra o São Paulo, antes das semifinais do Paulistão, contra o Atlético-MG, nas quartas de final da Copa do Brasil, e está sendo agora, às vésperas do jogo contra o Grêmio, pelas semifinais da competição nacional.

E agora o questionamento vem do adversário. O técnico Silas, da equipe gaúcha, afirmou, em recente entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, que o time santista, embora forte, está longe de ser imbatível. O treinador toma por base o comportamento da equipe alvinegra no segundo jogo da final do Paulistão, quando o Peixe perdeu três jogadores expulsos, foi derrotado, por 3 a 2, e só ficou com o título porque tinha a vantagem de jogar por empate na soma dos resultados dos dois jogos pois o Santos venceu na ida também por 3 a 2.

- O Santos já deu mostras de que é um grande time, mas que não é imbatível. Muito pelo contrário. Ia cair um iceberg na Vila Belmiro se aquela bola do Santo André entrasse aos 44 minutos do segundo tempo na final do Paulistão, quando o time já perdia por 3 a 2. Já vimos instabilidade emocional, três jogadores expulsos. Tudo pelo mesmo motivo que alguns jogadores viveram aqui: a falta de experiência – afirmou Silas, para quem o Peixe ainda não foi bem testado.

Ganso sai em defesa do Santos e de seus companheiros e responde a Silas. Respeita o posicionamento do treinador, mas garante que o time já cansou de provar no decorrer deste ano que está preparado para a pressão de decidir.
- Apesar da equipe ser jovem, está preparada para qualquer tipo de jogo. Encaramos o Mineirão lotado e não sentimos. Perdermos o jogo, mas marcamos dois gols que foram fundamentais para a nossa classificação. No Olímpico, não vai sentir pressão nenhuma. O Grêmio tem uma excelente equipe, mas temos condições de jogar de igual para igual. Vão ser dois belos jogos. O povo vai gostar de ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário