CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

domingo, 21 de março de 2010

André recebe cerca de R$ 10 mil, e pede reajuste salarial no Santos

Robinho, Paulo Henrique e Neymar possuem o status de estrelas do Santos, mas um jogador também tem ajudado bastante nos gols do Alvinegro. Com 12 bolas na rede, André é o vice-artilheiro do Peixe na temporada. Promovido para o time profissional no ano passado, o atleta ainda não tem um salário compatível com o de seus colegas de clube. O LANCENET! apurou que o jovem de 19 anos ganha cerca de R$ 10 mil. Por isso, o centroavante pleiteia um aumento.
Detentor de 25% dos direitos do jogador, a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, discute com o Alvinegro a possibilidade de valorização do centroavante. O diretor executivo da empresa, Thiago Ferro, diz que se reuniu com o clube há cerca de três semanas, mas as duas partes não chegaram a um acordo. Além disso, o agente revelou o interesse de investidores alemães em adquirir 40% dos direitos do atleta vinculados a Cabofriense-RJ, clube que o revelou.
- Tivemos uma primeira conversa há três semanas e o Santos fez uma proposta para o André. Ele não aceitou, porque o salário está muito abaixo da média do elenco. Estamos esperando uma contra-proposta. Nós sabemos do interesse de investidores alemães que querem comprar os 40% da Cabofriense - declarou Ferro, que não aceita ceder gratuitamente parte dos 25% do atleta, como o Santos gostaria.
Com uma multa rescisória nacional avaliada em cerca de R$ 13 milhões, André tem contrato até nove de janeiro de 2014 com o Peixe, que possui 35% de seus direitos. Tranquilo, o garoto diz que gostaria de ser valorizado, mas afirma que sua intenção é de permanecer no Santos.
- Acho que não só eu como todo mundo gosta de ser valorizado. Lógico que eu gostaria, mas estou preocupado em jogar. Isso (aumento) vai sair naturalmente. Se aumentar, vou ficar feliz, porque vai mostrar que o clube me valoriza, mas estou tranquilo. Minha intenção é de permanecer no Santos, jogar o Paulistão, a Copa do Brasil e o Brasileiro - declarou.
Insatisfeito com a postura dos empresários do atleta, o diretor de futebol do Peixe, Pedro Luiz Conceição, diz que nenhuma "pressão via imprensa" fará com que o clube acelere as negociações para reajustar o salário de André. O dirigente, porém, reconhece que o centroavante merece um aumento.
- As tratativas estão em andamento, mas não serão nem mais e nem menos aceleradas por conta da pressão de ninguém. Se o Santos não entendesse que o André merece um aumento, nós nem estaríamos conversando. O que acontece é que mais uma vez esse pessoal faz uma pressão desnecessária via imprensa, falando que o jogador recebe salário de juvenil. É uma postura que sinaliza como se não houvesse dialogo com a diretoria do clube - disparou o diretor.
Apesar da discussão, o jogador está relacionado e deve ser titular para a partida deste domingo, contra o Ituano, no Pacaembu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário