CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL
CLIQUE NA FOTO E SEJA LEVADA À MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO BRASIL

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Após recusar o baile na Vila, Meninos fazem as pazes com Dorival

A Tribuna
Os Meninos da Vila prometem novas coreografias contrra o Corinthians
Na vitória do Santos diante do Guarani por 3 a 1, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, um fato chamou a atenção de todos. Mas desta vez, não foram as jogadas brilhantes da dupla Neymar e Paulo Henrique.

Acostumados a comemorar seus gols com as famosas dancinhas, os jogadores do Santos não colocaram em ação suas coregografias ensaiadas. E além de evitarem os passos musicais, os "bailarinos" do Peixe fizeram questão de dedicar os três pontos ao companheiro Madson, que não foi relacionado para o jogo.

A atitude dos meninos da Vila deixou no ar a impressão de que ainda estariam "chateados" com o afastamento do baixinho da Vila e teriam se comportado de tal forma para protestar contra o técnico Dorival Júnior. A dedicatória dos gols ao carioca confirmou o estranahmento.

Porém, nesta quinta-feira, foi a vez de "desfazer o malentendido". Os atletas trataram de se explicar e negar qualquer tipo de represália ao comandante Alvinegro.

"A gente não estava muito legal. O time não estava encaixando o padrão. Não tem nada a ver com a gente estar magoado. A gente está sempre feliz", justificou o atacante André.

Neymar, autor do primeiro gol no confronto, reforçou as palavras de André e afirmou que esse é um assunto encerrado no elenco. " Ele Dorival Júnior ficou chateado no dia, mas agora está tudo tranqüilo. Já colocamos uma pedra neste assunto. O grupo é unido desde o começo do ano", disse.

Sem entrar em polêmica com o treinador, o atacante também falou da importância de Madson para o time. "Espero que ele possa voltar no jogo de domingo porque é muito importante e vai nos ajudar muito, quando voltar".

Jogador experiente, o lateral-esquerdo Léo apoiou a atitude do treinador. Para o camisa 3 do Peixe, ninguém tem o direito de se queixar das punições sofridas e sim aceitar as ordens vindas da comissão técnica.

"Existe uma hierarquia e tem que ser seguida. Vou falar o que? Que é idade? Tem que ter responsabilidade", delcarou Léo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário